Dicas e truques

Prevenir e combater o mofo cinzento nas peônias - Veja como funciona


Se as peônias parecem doentes na primavera, uma coisa é a principal culpa: mofo cinza. Se você não lutar imediatamente, pode esperar que suas peônias morram.

O molde cinza ocorre especialmente na primavera

Quase todo jardineiro de hobby provavelmente já descobriu mofo cinza em suas peônias. É um cogumelo que ocorre principalmente na primavera. Especialmente quando a umidade do ar é particularmente alta. O fungo pode então ser realmente perigoso para a planta. E isso não se aplica apenas a peônias. Se você não tomar cuidado, garantirá que o molde cinza possa continuar se multiplicando. Para evitar que isso aconteça em primeiro lugar, agora explicaremos exatamente como uma infestação com mofo cinza se manifesta, como você pode evitá-la e o que você deve fazer se suas peônias forem afetadas.

Como uma infestação de mofo cinza se manifesta?

Se suas peônias são afetadas pelo mofo cinza, você notará isso rapidamente. Os sinais típicos são:

  • folhas jovens murcham muito rapidamente
  • Podridão molhada no fundo da haste
  • Podridão das gemas, com as gemas ficando marrons e / ou caindo
  • Molde o gramado ao redor da peônia

Então, dê uma olhada em suas peônias com mais frequência na primavera. Esta é a única maneira de impedir que o fungo se espalhe ainda mais.

Como você pode evitar uma infestação?

Para evitar peônias cinza em suas peônias, você deve considerar alguns pontos importantes:

  • Verifique se o chão está solto e a água não se acumula.
  • É melhor usar um piso de baixo nitrogênio.
  • Não use esterco como fertilizante.
  • Não molhe as folhas.
  • Corte as folhas o mais fundo possível no outono.
  • Retire a cobertura do inverno na primavera.
  • Solte solos pesados ​​com areia.
  • Sempre escolha um local ensolarado.

Como combater o mofo cinza?

Infelizmente, apesar de todas as medidas preventivas, sempre pode acontecer que suas peônias sofram de mofo cinza. Se você notar os primeiros sinais, deve agir rapidamente e cortar as partes afetadas até chegar à área saudável. Você deve então descartar as partes doentes da planta no lixo doméstico e não no composto. Se você descartasse as partes infectadas da planta através do composto, o fungo continuaria a se multiplicar com o composto e, assim, atacaria outras plantas.